pro teu bem

Preciso escrever e até disso tenho medo. Parece que as coisas que já me assustavam meses atrás, agora me apavoram. Nessa de querer me fechar pro mundo, me fechei pra mim mesma. Não sei se por não querer conviver com quem eu era, ou por medo de encarar quem me tornei. O fato é que as coisas mudam, todos os dias, a cada segundo. Um piscar de olhos e tudo é diferente, como meu humor. Como meu estado de espírito, como o que eu sinto em relação às pessoas.

Cruel ou não, descartar pessoas se tornou fácil. “É pro teu bem”, resmungo no espelho. Não é certo, não é. Só que agora eu não sei lidar.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s