vestido de nuvem

Sigo caminhando meio cambaleante nessa estrada que eu não sei onde vai dar. Às vezes passa alguém e eu pergunto a que horas vai nascer o sol; às vezes, não tem ninguém e eu posso chorar. Mesmo assim, eu sigo sozinha, tentando acertar o passo sem saber que passo dançar. Ninguém sabe que horas o sol nasce?

O muro em volta desse trecho é alto e frio e ainda não me permite ver o que tem do outro lado. Desse jeito também não me anima muito a continuar seguindo.. Mas aí passa um rapaz vestindo algo que parece uma nuvem e eu fico encantada. Tenho vontade de perguntar se ele gosta das cores do céu, mas parece que ele não me escuta.

Continuo na minha rota, no meu passo, no meu ritmo, seguindo o rapaz vestido de nuvem. Ele me olha às vezes, com uma cara de quem acha que eu sou especial. Mas ele não segura minha mão, acho que ele tem medo… Alguém pergunta se ele tem medo? Ele não consegue me ouvir.

Ainda não sei aonde esse caminho vai me levar, andando ora em passos apressados e curtos, ora saltitando pra enxergar além do muro. Mas, quem sabe? Talvez o menino vestido de nuvem segure minha mão e, enfim, possa me dizer a que horas nasce o sol.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s