ouso sentir

Coloquei uma música diferente pra tocar, senti o cheiro que vinha com o vento. Era saudade. Saudade de xampu com cheiro de chá. Saudade do café quente e do cobertor pesado. Saudade da varanda e das viagens que nunca foram feitas.

Ou apenas saudade de como eu sentia as coisas nessa época. Isso. Saudade de sentir tudo com a mesma intensidade, com a mesma vontade, com a mesma dificuldade em descartar tudo em um piscar de olhos, em descartar pessoas como se fossem um papel de bala velho achado dentro da bolsa.

É isso. Ninguém mais alcança o que ouso sentir. Mas eu sei, existe, tá aqui. Como o vinho naquela garrafa que eu acho tão difícil de abrir. Vez em quando eu tento, mas desisto. Vez em quando também encontro alguém, que também desiste.

Mas não tem pressa, não. Como o vinho, quanto mais maduro, melhor. Deve ser assim com o que eu sinto também.

Anúncios

1 thought on “ouso sentir”

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s